Artigos

Email: ortopediamaurozyman-gmail.com  telefone(11) 3285-3741 / (11) 5904-2811 whatsapp (11) 98812-0843 

A lombalgia é a dor que acontece na região lombar: porção inferior das costas. Muito frequente, é uma das principais causas de busca por ajuda médica, talvez perdendo apenas para os casos de resfriado comum. Para se ter uma ideia, de 65% a 80% da população pode apresentar dor nas costas em algum momento da vida, sendo que 50% dos pacientes apresentam melhora após uma semana, 90% após dois meses e 5% continuam com a dor por um período maior do que seis meses. A lombalgia é considerada, de forma simplista, como aguda quando tem duração menor do que três semanas, e crônica quando a dor persiste por mais de três meses. Nesse meio tempo, diríamos que o quadro é intermediário, ou não classificável.

Algumas das causas associadas à lombalgia são esforço, pequenos traumas, má postura ou rotações súbitas, condicionamento físico impróprio, além de posição não ergonômica no trabalho (algo que vem sendo comum durante o período da quarentena, já que muitas pessoas não têm um local de trabalho adequado em casa). Nos casos mais graves a dor na lombar pode estar associada a doenças inflamatórias, infecções, hérnias, tumores, entre outros.

É recomendável procurar ajuda médica caso a dor não melhore no prazo de uma semana ou se a dor for limitante, impedindo que o paciente faça suas atividades diárias. O principal sintoma é a dor nas costas, concentrada na região lombar e que pode irradiar para o meio das coxas e para os glúteos. Casos mais graves podem causar limitação dos movimentos do quadril; incômodo ao caminhar; e dificuldade para dormir.

O médico ortopedista fará o exame clínico e perguntará sobre o histórico do paciente, além de solicitar exames, como ressonância magnética, radiografia e tomografia, caso seja necessário.

O tratamento irá depender da gravidade do caso, mas normalmente envolve repouso, além do uso de analgésicos e anti-inflamatórios. O médico pode indicar tratamentos complementares para ajudar no alívio da dor e na recuperação da lombar, como fisioterapia, RPG, acupuntura, entre outros. Dependendo da causa, pode ser indicada cirurgia, sendo o tipo de cirurgia a ser realizada dependente da causa da dor. Em casa, o paciente pode ser orientado a realizar medidas paliativas e preventivas como aplicar compressas de água quente e realizar alongamentos e evitar certas posições e movimentos.

Em caso de dúvidas sobre o assunto, entre em contato para uma avaliação detalhada e diagnóstico preciso!

Mauro Zyman - Doctoralia.com.br

 

 

Dr. Mauro Zyman   |   CRM 46.525

Ortopedia e Traumatologia   |   Cirurgia de Mão

 

Telefone - (11) 3285-3741 / (11) 5904-2811

Consultório - Av. Paulista, 2518 - Cj. 91 - Consolação - São Paulo, SP

E-mailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

WhatsApp - (11)98812-0843